1. 1 year ago 

    Sorry, I miss u.

    Maybe, through my fault, I’ve lost my angel confessions.

    Yes, my angel of confessions. That’s how I like to call it in my mind (when you’re alone, almost asleep, you know).

    Jealous, childish, boring, stupid and often undeserving of the things I have.

    I know. I know it all.

    And I also know that after many things, declare nostalgia is not the right thing to do, after all, I grew up and I’m an adult.

    Just want to say that our DIALOGUE I miss and break me to pieces every night where I just want to have and be able to chat.

    Sorry for everything.

    I love you.

  2. Notes: 14645 / 1 year ago  from domadorofthedreams (originally from jornascimentto)

    (Source: jornascimentto)

     
  3. Notes: 56433 / 1 year ago  from domadorofthedreams (originally from the-magical-world-of-disney)
     
  4. 2 years ago 
    Metade de mim é amor. A outra? Você. 

    Metade de mim é amor. A outra? Você. 

     
  5. 2 years ago 
    Bom, faz um tempo que eu não me concentro aqui para escrever algo direcionado à ti, não é mesmo? São tantos os motivos, tantas as razões pelas quais gosto de deixar evidente todo o meu sentimento acumulado por você… 
São datas especiais, são dias inesquecíveis, momentos dos quais quero vivenciar de novo e de novo. As partidas que maltratam, que machucam. Meios que te afastam de mim e levam um pedaço do meu coração à quilômetros. Dias que eu preciso que se repitam com uma maior frequência.
Lembro do dia em que prometemos um ao outro que descobriríamos todas as coisas juntos. E estamos fazendo isso. Seja um afago, em abraço, um aperto de mão. Um beijo, um amasso, um desejo. Tudo. JUNTOS.
Se eu declarar aqui a saudade que sinto, você jamais conseguiria entender o tamanho da mesma. Jamais teria noção do quão é grande a dor de acordar e não ter você, logo ali, para acordar jogando uma almofada na sua cabeça ou simplesmente te beijar e ficar quentinha nos seus braços. 
Nossas brincadeiras… Ahhh como sinto falta delas. Intimidades? Só a gente entende e sabe o quanto é bom quando se é feito com respeito e limitações. Amor de verdade, sabe? 
Nesse inverno, os dias ficam ainda mais frios quando não encontro sua mão enquanto passeio pela rua, quando não te tenho para dividir um pãozinho na hora do jantar ou quando está ausente e não tenho um alguém para brincar com uma bala na boca. 
Abraços… Saudade dos seus abraços. Beijos… Saudade deles também. 
O momento que me vi contigo pelo resto da vida. O momento em que eu tive a certeza de que, finalmente, havia encontrado um príncipe encantado lindo, atencioso, romântico e, querendo ou não, perfeito… 
Erros? Sim, muitos. Mas lembre-se, estamos aprendendo tudo juntos. Sinto muito por eles.
Passado? Bom, eu moveria o mundo se isso arrancasse um sorriso seu. Mesmo que fosse um sorriso tímido. Você bem sabe que estou disposta a fazer o que for possível só pra te ver sorrir… Teu sorriso é a luz mais linda desse mundo, entenda.
Não me recrimine por pegar demais no seu pé, por dar meus chiliques ou por falar algumas coisas que possam te chatear às vezes, acredite, dói mais em mim do que em você mesmo. Não quero que a vida lhe dê um chacoalho. Não quero que sofra por erros bobos cometidos sem consciência. Prefiro cuidar de você, nós brigarmos do que te ver caído ao chão por um erro já premeditado. Excesso de cuidado, apenas.
Eu sinto muito por não poder adiantar todo o nosso processo de mudança de hábitos, construir nossa casinha (ok, apartamento, no caso, rs), e, finalmente, concretizar tudo aquilo no qual sonhamos e desejamos. Sinto muito, amor… Apenas, caminhe ao meu lado…
Obrigada por realizar meus pequenos e bobos sonhos de criança. Mal posso esconder a felicidade que fico quando há algo vindo de você. Uma cartinha, um desenho, um mimo, um chocolate e claro, um par de alianças novas sob o pôr-do-sol. 
Obrigada por me fazer entender que contos de fadas existem sim, mas, muito mais obrigada por torná-lo realidade.
É com você. Só com você.
Eu te amo demais, Ygor Christyan Silva Alcantara. 
Da sua pequena (e nem tão princesa assim), Juliana. 

    Bom, faz um tempo que eu não me concentro aqui para escrever algo direcionado à ti, não é mesmo? São tantos os motivos, tantas as razões pelas quais gosto de deixar evidente todo o meu sentimento acumulado por você… 

    São datas especiais, são dias inesquecíveis, momentos dos quais quero vivenciar de novo e de novo. As partidas que maltratam, que machucam. Meios que te afastam de mim e levam um pedaço do meu coração à quilômetros. Dias que eu preciso que se repitam com uma maior frequência.

    Lembro do dia em que prometemos um ao outro que descobriríamos todas as coisas juntos. E estamos fazendo isso. Seja um afago, em abraço, um aperto de mão. Um beijo, um amasso, um desejo. Tudo. JUNTOS.

    Se eu declarar aqui a saudade que sinto, você jamais conseguiria entender o tamanho da mesma. Jamais teria noção do quão é grande a dor de acordar e não ter você, logo ali, para acordar jogando uma almofada na sua cabeça ou simplesmente te beijar e ficar quentinha nos seus braços. 

    Nossas brincadeiras… Ahhh como sinto falta delas. Intimidades? Só a gente entende e sabe o quanto é bom quando se é feito com respeito e limitações. Amor de verdade, sabe? 

    Nesse inverno, os dias ficam ainda mais frios quando não encontro sua mão enquanto passeio pela rua, quando não te tenho para dividir um pãozinho na hora do jantar ou quando está ausente e não tenho um alguém para brincar com uma bala na boca. 

    Abraços… Saudade dos seus abraços. Beijos… Saudade deles também. 

    O momento que me vi contigo pelo resto da vida. O momento em que eu tive a certeza de que, finalmente, havia encontrado um príncipe encantado lindo, atencioso, romântico e, querendo ou não, perfeito… 

    Erros? Sim, muitos. Mas lembre-se, estamos aprendendo tudo juntos. Sinto muito por eles.

    Passado? Bom, eu moveria o mundo se isso arrancasse um sorriso seu. Mesmo que fosse um sorriso tímido. Você bem sabe que estou disposta a fazer o que for possível só pra te ver sorrir… Teu sorriso é a luz mais linda desse mundo, entenda.

    Não me recrimine por pegar demais no seu pé, por dar meus chiliques ou por falar algumas coisas que possam te chatear às vezes, acredite, dói mais em mim do que em você mesmo. Não quero que a vida lhe dê um chacoalho. Não quero que sofra por erros bobos cometidos sem consciência. Prefiro cuidar de você, nós brigarmos do que te ver caído ao chão por um erro já premeditado. Excesso de cuidado, apenas.

    Eu sinto muito por não poder adiantar todo o nosso processo de mudança de hábitos, construir nossa casinha (ok, apartamento, no caso, rs), e, finalmente, concretizar tudo aquilo no qual sonhamos e desejamos. Sinto muito, amor… Apenas, caminhe ao meu lado…

    Obrigada por realizar meus pequenos e bobos sonhos de criança. Mal posso esconder a felicidade que fico quando há algo vindo de você. Uma cartinha, um desenho, um mimo, um chocolate e claro, um par de alianças novas sob o pôr-do-sol. 

    Obrigada por me fazer entender que contos de fadas existem sim, mas, muito mais obrigada por torná-lo realidade.

    É com você. Só com você.

    Eu te amo demais, Ygor Christyan Silva Alcantara. 

    Da sua pequena (e nem tão princesa assim), Juliana. 

     
  6. 2 years ago 
  7. 2 years ago 
    Como prometido…

    Como prometido…

     
  8. 2 years ago 

    Você nem deve imaginar o quão importante é pra mim. O quanto me da forçar pra ser alguém melhor. O quanto me encoraja a isso.

    EU TE AMO DEMAIS! 

  9. 2 years ago 
    Pois um dia será nós dois… Sobre o mesmo pôr-do-sol.

    Pois um dia será nós dois… Sobre o mesmo pôr-do-sol.

     
  10. 2 years ago 

    Quando eu te invado de silêncio.
    Você conforta a minha dor com atenção.
    E quando eu durmo no seu colo
    Você me faz sentir de novo o que eu já não sentia mais

avatar_128
 
 
20 e passados longos anos. Workaholic. Geração Y/Z. Um aglomerado de sonhos e receios. Pedaços de mágoas e de grandes felicidades momentâneas. Esperança elevada. Fé atribuída à medos. Universitária. Professora. Pisciana. Sensível. Sou menina, mas falo palavrão, sento de perna aberta e jogo video-game. Passagens. Apenas passagens.

 
 

Following

c-h-4-0-sdomadorofthedreamsaidapachecorustynesstoodaformadeamorchainsawmindbox-lifeursinhoteddycomentameustexticulostigotosobeachandwhiskyvenisonreditsadreamfactorynovemberra1nportraitloverspitifulstateandarnalamathugliffehislittlecwalkbrasilvelharoupacoloridayoguhhtumblrdojaum
 

Tumblr